O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O QUE É COMUNIDADE TERAPÊUTICA


O que é uma Comunidade Terapêutica e como ela funciona?

 

Uma Comunidade Terapêutica (CT) é:

 

UMA MICRO-SOCIEDADE:

Uma CT, pode parecer óbvio, mas, é, em primeiro lugar, uma comunidade. Ou seja, dentro de um espaço físico apropriado, é montada uma micro sociedade, contendo todos os elementos de uma grande comunidade ou sociedade. Se em nossa cidade ou estado há a necessidade de um prefeito ou governador, na CT há um representante do grupo com função de liderança. Como é necessário que tenhamos leis e normas em nosso país, dentro da CT há uma série de normas que norteiam o comportamento das internas. Como uma dos principais fatores de uma sociedade é o trabalho, dentro da CT haverá o trabalho, e assim por diante. A única diferença maior entre uma CT e outras sociedades é a inexistência de álcool e outras drogas em seu interior.

 

VOLTADA À RECUPERAÇÃO DAS INTERNAS:

Uma CT somente existe para servir de auxílio à recuperação das internas, sendo, por isso, chamada "Terapêutica". Nada é feito dentro de uma CT que não vise, direta ou indiretamente, o tratamento das dependentes.

  COMO FUNCIONA UMA CT?

Uma CT funciona com base em três elementos terapêuticos principais, os quais devem existir, ou não se tem uma CT. Estes três fatores primordiais do tratamento são:

   

1] DISCIPLINA:

Vencer as defesas internas da doença não é fácil para o dependente. Ele precisa remontar sua vida, começando quase que do zero. Todos os aspectos de sua vida (família, emprego, sentimentos, hábitos etc.) terão que ser mudados de uma vida de Dependência para uma vida de Independência do álcool e de outras drogas. É necessária muita auto-disciplina para que ele possa fazer isto efetivamente. Acontece que a própria vida de dependência e as próprias características da doença fazem com que a auto-disciplina do dependente seja mínima. Ele necessita, portanto, de uma ajuda externa que o acostume à disciplina, às normas, ao que é preciso. Por isto, a vida em uma CT é normatizada, de forma que o desejo individual fique em segundo plano em relação às necessidades da Comunidade.

 

2] TRABALHO:

O dependente perde, com a vida de dependência, um dos elementos primordiais da vida em sociedade: o trabalho. Estando sua atenção voltada ao álcool e a outras drogas, ele perde os benefícios de trabalhar, o prazer de fazer bem feito, a responsabilidade, o sentimento de ser útil para a sociedade. Dentro de uma CT, cada interna contribuirá com sua parcela de trabalho para o bem-estar de todas.

 

3] ORAÇÃO:

É normal o dependente, ao "endeusar" o álcool ou outras drogas, se afastar de Deus. Todo dependente acaba tendo alguma forma de problemas de relacionamento com Deus, que em nada contribui para sua recuperação, muito pelo contrário. Dentro de uma CT, a interna vivenciará e redefinirá sua relação com Deus. Diversas atividades estão direcionadas a este aspecto que, em nosso ver, é essencial à recuperação.

Além destes componentes de tratamento, obviamente, há outros recursos terapêuticos que podem e serão empregados, como auxiliares do tratamento.

O objetivo maior do tratamento é auxiliar a dependente no processo de conscientização sobre sua doença e sobre o tratamento, inclusive da necessidade de continuar o tratamento uma vez terminado o período de internação..

Assista o video: https://youtu.be/DGsT4Rela0s 


Autor: Anderson

Postado em: 26/01/2017



Todos os Direitos Reservados - 2014

Comunidade Terapêutica Acolher

contato@comunidadeacolher.com.br

Fone: (51) 98411-6095

 

Sede:

Rua Amélia Teles, 152 - Morada do Vale III - Gravataí / RS

Fone: (51) 3128-3523

Desenvolvido por Felipe Machado